Mudamos a imagem do blog para homenagear este gesto histórico entre uma manifestante e um policial da Policia Militar.

O Judiciário (MPF), as ongs CIMI (Conselho Indigenista Missionário) e Survival International, o Conselho Mundial de Igrejas (CMI) e demais picaretas se uniram para praticarem a picaretagem indigenista. O povo do Vale do Araguaia e os guerreiros do Posto da Mata (Suiá Missu) se uniram para defenderem o Brasil. Um herói, vestido de maneira simples, e desarmado, avança contra vários soldados federais pesadamente armados. Seu heroísmo marcou a ação da picaretagem indigenista: um homem só, trabalhador, enfrentando o maior aparato militar já montado neste país pelos picaretas do judiciário, CIMI, CMI e Survival international. É por este motivo que seu ato é retratado no logo deste site: um homem, só, enfrentando a canalhice indigenista de norte americanos, brasileiros (indigenistas sem carater, vendidos à estratégia das grandes potencias), ingleses, noruegueses, alemâes, canadenses, italianos e etc. Um homem só enfrentando a canalhice deste mundo. Esta é a tônica deste site: um homem só enfrentando o mundo. Esta luta não é para muitos, é para os poucos que não foram contaminados pelo politicamente correto, que não tiveram seus valores relativizados pelo gramscismo que impera em toda a sociedade brasileira.

Vídeos Resistencia Suiá Missú

Loading...
Você se pergunta porque os povos do mundo estâo em guerra em busca de seus direitos. Povos, raças, grupos de todos os matizes, todos estâo lutando com unhas e dentes por seus direitos. Em 1964 um ministro norte americano, William Branham, chegou a uma conclusâo, na qual o Resistencia Suiá Missu concorda: as cartas em apocalipse (2-3) às Igrejas da Ásia eram proféticas e se referiam a períodos de tempo pelo qual a igreja passaria e segundo o ministro, a ultima carta, a de Laodicéia, representaria esta era moderna na qual vivemos. Até o nome se encaixa na luta dos povos por direitos: Laodicéia - Direito dos Povos. Quando vocês veem o povo nas ruas, manifestando-se, lembre-se - estamos vivendo a ultima era da igreja: Era de Laodiceia, que significa a Era dos Direitos dos Povos

Arquivo do blog

Resistencia Suiá Missú

terça-feira, 2 de julho de 2013

Luta dos povos por direitos: uma visâo espiritualista sobre o assunto

Os jornalistas e os cientistas politicos e sociais já analisaram de maneira exaustiva as manifestaçôes de rua pelo Brasil, Egito, Turquia. Já dissecaram do ponto de vista cientifico e social tais movimentos de massa, que só podem ser compreendidas, quando se conhece a fundo o poder das redes sociais. Mas o Resistencia Suiá Missu propôe uma nova analise, não religiosa, mas espiritualista, do assunto. O ser humano acha-se imbuído, em todo o mundo, de um sentimento de ordem superior, daí o surgimento de religiôes que buscam canalizar este sentimento em prol de uma bandeira religiosa. Se isto acontece em todo o mundo, nós nâo podemos nos furtar de analisar também a situacâo de forma espiritualistica.

Para fazermos isto, vamos recorrer primeiro ao livro da "Revelaçâo" (Apocalipse), capitulos 2-3, que versa sobre as cartas escritas com conselhos às igrejas da Asia, no numero de 7. A ultima carta, a sétima, é a que mais nos interessa. Em 1964, um influente ministro do evangelho norte americano, William Branham, analisando estas cartas apocalipticas, chegou a uma conclusão inédita até entâo: elas eram proféticas, relativas a periodos de tempo pelo qual a igreja passaria e a ultima, "Carta à Igreja de (em) Laodicéia", representaria nossa era, na qual estamos vivendo. Segundo este ministro, "Era de Laodicéia", é a nossa era moderna. O próprio nome, "Laodiceia", que significa "Direito dos Povos", já se encaixa no atual momento por nós vividos, onde milhôes saem às ruas exigindo seus direitos.

Ministro William Marriom Branhan
William Branham escreveu suas analises sobre o assunto em 1964 e até hoje seus escritos sâo atuais . Confira mais sobre as Eras da Igreja neste LINK







Como já vimos diversas analises de cunho materialista sobre o que anda ocorrendo  nas manifestaçôes, não poderiamos, como seres dotados de sentido espiritual, deixar de fazermos também uma analise espiritualista do assunto. O povo está nas ruas não somente no Brasil, mas no mundo todo. Todo tipo de grupos e classes, exigindo que seus direitos sejam atendidos. Grupos de todos os matizes querem ver suas reinvindicaçôes atendidas de forma rápida. Tal se encaixa na analise feita por William Branham desta era moderna. A descriçâo bíblica desta era, em apocalipse, reflete o estado da atual igreja cristâ, mas o mundo também reflete este mesmo estado. Se o mundo vai mau, a igreja também não vai bem, pois ela de há muito deixou de ser protagonista moral da sociedade, passando ao irrelevante papel de seguidora dos costumes ditados pela midia. É vergonhoso este papel, para uma instituiçâo que por milênios ditou os costumes da sociedade. Mas desde o advento do rádio e tv, e agora com a internet, que a igreja viu seu papel de protagonista moral ser "achatado" pelos meios de comunicaçâo. Isto está de acordo com a carta apocaliptica à "Igreja de (em) Laodicéia": "Eu sei as tuas obras, que nem és frio nem quente. Tomara que foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca” (Ap 3:15,16).

Portanto, o mundo vive um verdadeiro caos, o que deixa os cientistas politicos e sociais estupefatos, pela rapidez dos acontecimentos e seu impacto na sociedade. Nenhum governo está mais seguro, pois sabe que de uma hora para outra qualquer gesto de insatisfação popular,  pode se perder o controle e virar uma verdadeira revolução de massa. Ditaduras e democracias estão em xeque pela incapacidade de prever os acontecimentos, que se dão ao sabor da vontade das massas. Se os meios tradicionais de analise estâo superados e não conseguem mais prever os acontecimentos, devemos buscar nos velhos textos alguma saída. E neste caso, encontramos no livro de Apocalipse a explicaçâo para eventos atuais. O povo está nas ruas exigindo direitos, pois esta é a "Era dos Direitos dos Povos". Laodicéia significa: Direito dos Povos e segundo o ministro William Branham, um dos mais influentes ministros do seculo vinte, nós estamos vivendo justamente esta era: a Era de Laodicéia ou a Era da Igreja de (em) Laodiceia.



Manifestaçôes pelo país e pelo mundo 


Brasil 




















 Egito















 Turquia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Hino de Resistência e PAZ pela Suiá Missu!!!

As armas estavam nas mãos de policiais brasileiros, mas a estratégia de desintrusão foi tomada nos salôes da ONU, palacios europeus de governo e Casa Branca por canalhas norte americanos, canadenses, ingleses (Principe Charles, dono da ong Survival international), sacerdotes católicos e protestantes do Conselho Mundial de Igrejas e indigenistas brasileiros sem carater